English Version
     > Home > Britcham News

Na Colômbia, BT inaugura novo Data Center baseado na nuvem

A BT anuncia a inauguração de um novo data center na Colômbia, que vem responder à crescente necessidade de serviços em nuvem na América Latina. A nova unidade, batizada de BT Naos, aumenta a capacidade de hospedagem e gerenciamento dos serviços de TI em rede oferecidos pela BT a empresas locais e globais na América Latina.

A demanda de serviços de data center na Colômbia e na América Latina está em constante crescimento. A empresa de pesquisa de mercado IDC estima que, nos próximos cinco anos, a demanda agregada por esses serviços subirá mais de 80% na região1, impulsionada principalmente pela computação em nuvem e pelo big data. O próprio governo colombiano, por meio do programa "Vive Digital", está apoiando a adoção de serviços em nuvem no país, promovendo a criação de mecanismos para o armazenamento de documentos oficiais e registros médicos.

Com o novo data center Naos, os clientes contarão com servidores virtualizados e com a capacidade de armazenamento da BT, ou poderão instalar equipamentos dedicados  em um ambiente seguro e de alto desempenho. Os clientes também podem se conectar diretamente à rede global da BT, obtendo uma economia expressiva de custos e maior eficiência operacional.

O BT Naos está localizado na Zona Franca de Tocacinpá, perto de Bogotá, sendo o primeiro data center na Colômbia a receber a certificação Tier IV Certification of Design Documents (tolerância a falhas), expedida pelo Uptime Institute2. Ele é conectado por meio de banda larga de fibra super rápida ao centro Nimbus da BT, localizado na Zona Franca de Fontibón, de modo a contar com redundância de recursos e a oferecer continuidade dos negócios a todos os processos e serviços de importância crítica para os clientes.

Por ambos os data centers estarem situados em Zonas Francas, a BT e seus clientes serão beneficiados com isenção de impostos, com vantagens em termos de rentabilidade, estimulando investimentos em inovação e tecnologia.

Diego Molano Vega, ministro de Tecnologia da Informação e das Comunicações da Colômbia, comenta que "o objetivo principal do Plano Vive Digital é massificar o uso da Internet para criar empregos e reduzir a pobreza. Os grandes resultados alcançados com a implementação do Vive Digital e a continuação de nossos programas torna necessário que empresas como a BT invistam para elevar o perfil de nosso país no que toca a tecnologia e inovação".

Os data centers na Colômbia complementam a infraestrutura latino-americana da BT – que possui data centers também no Brasil, Argentina, México e Venezuela. Eles fazem parte de uma rede global de mais de 20 data centers baseados na nuvem, em cinco continentes, somados a outros 30 capazes de oferecer serviços adicionais de nuvem. Isso complementa a gama de soluções já oferecidas pela BT Compute em seu portfólio, desde os tradicionais serviços de telehousing e colocation, até os mais modernos serviços em nuvem pública, privada ou híbrida (combinando a rede privada à pública).

"Nosso novo data center na Colômbia irá aperfeiçoar a performance e disponibilidade das aplicações baseadas em nuvem, além de manter seguros os dados de nossos clientes. Além disso, seremos capazes de trazer ao mercado latino-americano as mais inovadoras e criativas ofertas em nuvem e proposições de nossa campanha Arte da Conexão", diz Bas Burger, presidente da BT Global Services para as Américas.

A redução de carbono é uma das iniciativas do programa Better Future da BT. A empresa reafirma o compromisso de ajudar aos seus clientes a reduzirem suas emissões de carbono em pelo menos três vezes até 2020, minimizando assim o impacto ambiental causado por essas emissões. O BT Naos foi projetado levando em consideração essa meta. Por exemplo, o data center utiliza soluções de refrigeração híbrida para aproveitar a água e as condições de temperatura externa do local, além da iluminação por LED e sistemas de energia modulares e escaláveis. Essas estratégias de redução de carbono fazem do BT Naos um dos mais eficientes data centers da América Latina.

1  IDC Top Ten Latin America Predictions 2014. Página 8. Janeiro de 2014.
2  O Tier IV Design Documents Certification reconhece a documentação do projeto como tolerante a falhas com base no sistema de classificação de “tiers”, um método objetivo para avaliar de modo consistente as instalações de data centers em termos de desempenho e disponibilidade.

Sobre a BT 
A BT é uma das líderes mundiais no fornecimento de soluções e serviços de telecomunicações, operando em 170 países. Entre suas principais atividades se destacam serviços de TI em rede, serviços de telecomunicações locais, nacionais e internacionais para seus clientes para uso doméstico, no trabalho e em deslocamento; produtos e serviços de banda larga, televisão e Internet de alto valor agregado e produtos e serviços de convergência fixo/móvel. A BT tem cinco principais linhas de negócio: BT Global Services, BT Business, BT Consumer, BT Wholesale e BT Openreach.

Durante o ano fiscal encerrado em 31 de março de 2014 o volume de negócios do BT Group foi de £ 18,287 bilhões, com lucro antes de impostos de £ 2,312 bilhões.

A British Telecommunications plc. (BT) é uma subsidiária integral do BT Group e engloba praticamente todos os negócios e ativos do BT Group. O BT Group está listado nas bolsas de valores de Londres e Nova York.

Para mais informações, visite o site www.btplc.com

Mais informações para a imprensa:
SHEDI – Silvia Helena Editora
Silvia Helena Rodrigues – 
silviahelena@shedi.com.br
Tel.: (21) 2220-9311 / (11) 2626-1940